WTC7

.posts recentes

. Trabalho com precariedade

. Saindo da UE

. A rapina de Timor-Leste: ...

. Empresa de limpeza em Tel...

. De quem é o vírus Zika?

. Bem-vindos ao apartheid d...

. Adolescente americana ame...

. Perante o caos, o saque e...

. A canalhice final contra ...

. Atirá-los ao mar

. Pensar a violência

. O que queremos dizer quan...

. “Je Suis CIA”

. A Rússia invade a Ucrânia...

. Marx fala sobre os 25 ano...


Tecnologia de FreeFind

.Arquivos


eXTReMe Tracker

.subscrever feeds

blogs SAPO
Quarta-feira, 2 de Maio de 2007

Os Achuar exigem que a Oxy limpe a amazónia peruana

Os cerca de 11 mil Achuar que vivem na floreste húmida no norte do Peru são uma das populações indígenas mais tradicionais da bacia amazónica. As suas terras ancestrais, que eles habitavam já antes da chegada dos europeus, são um dos últimos refúgios das incontáveis espécies de flora e fauna que não se encontram em mais nenhum outro lado do mundo. Para se chegar a esta região, a partir da cidade de Lima [capital do Peru], pode demorar até uma semana em canoa e autocarros. Mesmo viajar a pé entre as aldeias pode demorar dias.

 

No início dos anos 1970, foi descoberto petróleo na bacia do rio Corrientes, o território tradicional das populações indígenas Achuar, Quichua e Urarina.

 

A ‘Occidental Petroleum (Oxy)’, a primeira companhia estrangeira a operar no Peru, obteve a primeira concessão (conhecida como Bloco 1AB), que incluía mais de 4 mil km2 de floresta húmida virgem. Durante mais de 30 anos, a Oxy despejou uma média de 850 mil barris por dia de derivados do petróleo do processo de extracção directamente para rios e cursos de água usados pelas populações indígenas locais para beberem, tomarem banho, lavarem e pescarem – aproximadamente 9 mil milhões de barris em 30 anos de funcionamento.

 

Como resultado de três décadas de despejos, os Achuar têm no seu corpo concentrações perigosas e ilegais de um conjunto de toxinas, incluindo chumbo e cádmio. Também envenenaram as águas locais ao ponto dos peixes e de outros animais, dos quais os Achuar dependem para a sua sobrevivência, já não serem próprios para consumo humano.


 


 

Apesar do anúncio da Oxy, em Dezembro de 2006, de abandonar todas as suas operações no Peru, as comunidades Achuar ficaram com vastas áreas da floresta húmida a necessitarem grandes reparações por causa de 35 anos de extracção negligente. A 3 de Maio, a ‘Earthrights International’ e a ‘Amazon Watch’ vão divulgar as conclusões de uma missão de investigação a esta região que documenta os impactos sociais e ambientais de três décadas de actividades de produção negligente de petróleo sobre cinco comunidades indígenas Achuar. A Oxy tem de de se chegar à frente e remediar definitivamente o seu legado histórico de contaminação tóxica.



Uma acção patrocinada pela Earth Rights International, EarthWays Foundation, e Bonsorte Design Studio, irá fomentar uma série de conferências em Los Angeles, nos Estados Unidos,  para exigir que a Oxy limpe a Amazónia peruana.

 

Ajudem-nos a responsabilizar a Oxy pelo seu legado tóxico no Peru.

 

 

Texto publicado pela Amazon Watch a 28 de Abril de 2007 em http://www.amazonwatch.org/take_action/action_alerts/view_news.php?id=1375 . Traduzido por Alexandre Leite.

publicado por Alexandre Leite às 08:07
link do post | comentar | favorito
|

Todos os textos aqui publicados são traduções para português de originais noutras línguas. Deve ser consultado o texto original para confirmar a correcta tradução. Todos os artigos incluem a indicação da localização do texto original.

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Crise Alimentar

A maior demonstração do falhanço histórico do modelo capitalista



Em solidariedade com a ACVC

Camponeses perseguidos na Colômbia

"Com a prosperidade dos agrocombustíveis, a terra e o trabalho do Sul estão outra vez a ser explorados para perpetuar os padrões de consumo injusto e insustentável do Norte"



Investigando o novo Imperialismo

↑ Grab this Headline Animator


.Vejam também:

Associação de Solidariedade com Euskal HerriaManifesto 74
Sara Ocidental Passa Palavra
XatooPimenta NegraO ComuneiroODiárioResistir.InfoPelo SocialismoPrimeira Linha
Menos Um CarroJornal Mudar de Vida
Blogue OndasBioterra





InI Facebook

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.