WTC7

.posts recentes

. Libertado um “pigmeu” bat...

. Paraíso

. Le Pen, Macron e o Fascis...

. Entre a espada e a parede

. Trabalho com precariedade

. Saindo da UE

. A rapina de Timor-Leste: ...

. Empresa de limpeza em Tel...

. De quem é o vírus Zika?

. Bem-vindos ao apartheid d...

. Adolescente americana ame...

. Perante o caos, o saque e...

. A canalhice final contra ...

. Atirá-los ao mar

. Pensar a violência


Tecnologia de FreeFind

.Arquivos

.subscrever feeds

blogs SAPO
Terça-feira, 19 de Agosto de 2008

Colômbia: O pássaro continua livre

Poucos dias depois das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) derrubarem um helicóptero militar, um atentado à bomba na localidade de Ituango provocou 7 mortos e mais de 50 feridos.

Um dado a ter em conta: a região onde se deu o atentado foi um feudo das denominadas "Autodefensas Unidas de Colombia" (AUC), grupo paramilitar, supostamente dissolvido pelo governo colombiano.

 

Culpados: As Forças Armadas, claro

O governo de Bogotá responsabilizou pelo atentado as Forças Armadas... Revolucionárias da Colômbia, enquanto que o general Mario Montoya afirmou, sem nenhum tipo de dúvida, que guerrilheiros da Frente 18 das FARC foram os seus autores. Enfim.

O embuste forma parte da estratégia militar e é fundamental para confundir o inimigo, segundo dizem os especialistas na matéria; portanto não seria de estranhar que Montoya- como bom militar- largue 18, ou mais, mentiras por minuto. Recordemos que este general foi acusado de fornecer armas às AUC, que foram muito eficazes assassinando camponeses.

 General Montoya

General Montoya

Atirar a pedra, esconder a mão

Segundo o presidente do município, a localidade estava em festa e havia muita gente a dançar quando o artefacto explodiu causando sete vítimas mortais e um número indeterminado de feridos, entre eles várias crianças, os quais foram evacuados em helicópteros da Força Aérea para um hospital de Medelhim.

Primeiro a mortandade, depois o desenvolvimento mediático e a aparência humanitária. Tendo em conta a catadura e os antecedentes, dos sujeitos que manobram os fios do governo e do exército, será difícil que saibamos alguma vez quem está realmente por trás deste crime.

 

Só os terroristas actuam assim

O presidente Uribe condenou o atentado, lamentando que tenha acontecido "numa altura em que estamos a ganhar a luta à insurgência (sic)”. Insurgência? Mas não eram terroristas? Até Uribe, aplica o adjectivo adequado. Deve ser muito frustrante para ele, que os atentados indiscriminados não formem parte do modus operandi das FARC.

Por seu lado o ministro do Interior, Fabio Valencia declarou que "os terroristas actuam assim". Isso sim é verdade. Nota-se que o senhor ministro sabe muito bem do que fala.

 Uirbe e os paramilitares

De certeza que prenderam “o pássaro”?

Poucas horas depois, foi capturado um presumível guerrilheiro, conhecido como “o pássaro”, que foi acusado formalmente de ser o autor material do atentado. Relativamente ao inocente, o jornal diário colombiano El Tiempo relatou que se tratava de um jovem menor de idade, que já tinha sido detido em Setembro do ano passado por realizar outro ataque à bomba, mas foi deixado em liberdade devido a ser menor de idade.

Incrível, certo? Depois de ler essa informação, existem fundadas suspeitas de que "o pássaro" continua livre e a planear novos crimes, talvez num ninho palaciano.

 

 

Texto de J. M. Álvarez publicado em Kaos en La Red a 16 de Agosto de 2008. Tradução de Alexandre Leite para a Tlaxcala. 

publicado por Alexandre Leite às 12:00
link do post | comentar | favorito
|

Todos os textos aqui publicados são traduções para português de originais noutras línguas. Deve ser consultado o texto original para confirmar a correcta tradução. Todos os artigos incluem a indicação da localização do texto original.

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Crise Alimentar

A maior demonstração do falhanço histórico do modelo capitalista



Em solidariedade com a ACVC

Camponeses perseguidos na Colômbia

"Com a prosperidade dos agrocombustíveis, a terra e o trabalho do Sul estão outra vez a ser explorados para perpetuar os padrões de consumo injusto e insustentável do Norte"



Investigando o novo Imperialismo

↑ Grab this Headline Animator


.Vejam também:

Associação de Solidariedade com Euskal HerriaManifesto 74
Sara Ocidental Passa Palavra
XatooPimenta NegraO ComuneiroODiárioResistir.InfoPelo SocialismoPrimeira Linha
Menos Um CarroJornal Mudar de Vida
Blogue OndasBioterra





InI Facebook

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.