WTC7

.posts recentes

. Trabalho com precariedade

. Saindo da UE

. A rapina de Timor-Leste: ...

. Empresa de limpeza em Tel...

. De quem é o vírus Zika?

. Bem-vindos ao apartheid d...

. Adolescente americana ame...

. Perante o caos, o saque e...

. A canalhice final contra ...

. Atirá-los ao mar

. Pensar a violência

. O que queremos dizer quan...

. “Je Suis CIA”

. A Rússia invade a Ucrânia...

. Marx fala sobre os 25 ano...


Tecnologia de FreeFind

.Arquivos


eXTReMe Tracker

.subscrever feeds

blogs SAPO
Segunda-feira, 29 de Dezembro de 2008

A vergonha de ser do Ocidente

Comecemos por comparar alguns dados objectivos. O poder "mortífero" dos foguetes Qassam que o Hamas utiliza ficou demonstrado neste sábado, quando lançou 20 destes projécteis e deixou um saldo de apenas uma cidadã israelita morta. Por estas horas os palestinianos já lançaram duzentos foguetes e as únicas vítimas foram duas crianças palestinianas por causa de um foguete desencaminhado. Uma vítima civil israelita perante mais de 271 palestinianos assassinados, a grande maioria civis.

Segundo fontes israelitas, entre Junho de 2004 e o final de 2007 (isto é, em três anos e meio), os “temíveis” foguetes do Hamas provocaram um total de onze civis israelitas e cinco palestinianos. Desde que a população palestiniana dos territórios ocupados se levantou contra as Forças Israelitas de Ocupação em Setembro do ano 2000, morreram 430 civis israelitas nos diversos atentados e acções armadas levadas a cabo por todas as facções da resistência palestiniana no seu conjunto. No mesmo período, as Forças Israelitas de Ocupação assassinaram mais de cinco mil civis palestinianos, entre eles quase 900 crianças (menores de 18 anos, não combatentes).

Com estes frios dados na mão que mostram esse claro desequilíbrio, vejamos as reacções dos líderes do Ocidente ao massacre de ontem em Gaza:

Gordon Johndroe - Porta-voz da Casa Branca, afirma que "os ataques continuados com foguetes do Hamas contra Israel devem terminar se se quer pôr fim à violência. O Hamas deve terminar as suas actividades terroristas se deseja ter um papel no futuro do povo palestiniano. Os Estados Unidos instam Israel a evitar vitimas civis nos seus ataques ao Hamas em Gaza".

Condoleezza Rice - Secretária de Estado dos EUA, manifestou a sua condenação aos ataques com foguetes perpetrados contra Israel e responsabilizou o Hamas pela ruptura da trégua. Também pediu o restabelecimento imediato do cessar-fogo na Faixa de Gaza.

Gordon Brown - Primeiro-ministro britânico, considera que "a única forma de alcançar uma paz duradoura em Gaza é através de meios pacíficos. Ainda que entendamos a obrigação do governo israelita de proteger a sua população, pedimos a máxima moderação para evitar mais vítimas civis. Também apelamos aos militantes na Faixa de Gaza que parem imediatamente todos os ataques com foguetes sobre Israel".

Frank-Walter Steinmeier - Vice-chanceler e ministro alemão, assinala que "o Hamas deve suspender de imediato e de forma continuada os seus inaceitáveis ataques a Israel". Pediu aos israelitas que "respeitassem a lei da proporcionalidade e fizessem todos os possíveis para evitar vítimas civis".

Nicolás Sarkozy - Presidente da França, “condena firmemente as provocações irresponsáveis que conduziram a esta situação, assim como o uso desproporcionado da força".

Elena Valenciano - Secretária de Política Internacional e Cooperação do PSOE, “exigiu a suspensão imediata dos ataques que Israel e às milícias do Hamas que renunciem ao uso da violência”.

O presidente eleito Barack Obama não disse absolutamente nada, não sabemos o que pensa ele sobre a “mudança” e a “esperança” do massacre de 271 palestinianos em Gaza. Estas são as posições políticas dos representantes da civilizada Europa e da democracia norte-americana. Diante deles estão os bárbaros e fundamentalistas islâmicos, populistas e terceiro-mundistas que se indignam pela forma como se "defende" Israel do terrorismo.

 

Texto de Pascual Serrano publicado em PascualSerrano.Net a 28 de Dezembro de 2008. Tradução de Alexandre Leite para a Tlaxcala e InfoAlternativa.

publicado por Alexandre Leite às 19:00
link do post | comentar | favorito
|

Todos os textos aqui publicados são traduções para português de originais noutras línguas. Deve ser consultado o texto original para confirmar a correcta tradução. Todos os artigos incluem a indicação da localização do texto original.

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Crise Alimentar

A maior demonstração do falhanço histórico do modelo capitalista



Em solidariedade com a ACVC

Camponeses perseguidos na Colômbia

"Com a prosperidade dos agrocombustíveis, a terra e o trabalho do Sul estão outra vez a ser explorados para perpetuar os padrões de consumo injusto e insustentável do Norte"



Investigando o novo Imperialismo

↑ Grab this Headline Animator


.Vejam também:

Associação de Solidariedade com Euskal HerriaManifesto 74
Sara Ocidental Passa Palavra
XatooPimenta NegraO ComuneiroODiárioResistir.InfoPelo SocialismoPrimeira Linha
Menos Um CarroJornal Mudar de Vida
Blogue OndasBioterra





InI Facebook

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.